ADUBO 4.14.8 – 5KG

R$ 29,90

7 em estoque

SKU: 201465 Categoria: Tags: ,

Descrição

NPK é uma sigla utilizada para designar a relação dos três nutrientes principais para as plantas (nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K)), também chamados de macronutrientes, na composição de um fertilizante.
Ela é representada por 3 números, separados por ponto(.), que indicam a concentração, em porcentagem, de cada nutriente naquele adubo.
Ou seja, um adubo NPK 10.10.10 tem 10% de nitrogênio + 10% de fósforo + 10% de potássio.

OS NUTRIENTES
Nitrogênio (N) – tem ação na parte verde da planta – as folhas. É um dos principais componentes das proteínas vegetais, sem ele as plantas não podem realizar a fotossíntese nem a respiração. Atua no crescimento e nas brotações da planta. Sem nitrogênio, a planta não cresce normalmente, se torna pequena e com um menor número de folhas. A presença de folhas amareladas é um bom indício de falta de nitrogênio.

Fósforo (P) – atua principalmente na floração e na maturação e formação de frutos, no crescimento das raízes e na multiplicação das células, o fósforo é essencial às plantas e deve estar presente em uma forma inorgânica simples para que possa ser assimilado. Atraso no florescimento, flores quebradiças e pequeno número de frutos e de sementes são indícios de falta de fósforo.

Potássio (K) – é essencial para o crescimento, e responsável pelo equilíbrio de água nas plantas. Atua no tamanho e na qualidade dos frutos e na resistência a doenças e falta de água. Crescimento lento, raízes pouco desenvolvidas, caules fracos e muito flexíveis e formação de sementes e frutos pouco desenvolvidos são indícios de falta de potássio.

FORMA DE APLICAÇÃO
Muitos jogam o NPK sobre a grama ou sobre a terra, o que é errado, pois o fósforo ficará na superfície, não chegando às raízes, e o nitrogênio se perderá por volatização (“evaporação”), logo que for molhado. O NPK deve sempre ser misturado à terra, dando preferência na sua utilização por ocasião do plantio, ou em canteiros que permitam esta prática. Se for aplicar em um árvores, palmeiras, ou arbustos, você deverá fazer pequenos buracos ao longo da projeção da copa, que é o local de maior concentração de raízes, e enterrar o adubo.

O NPK 4.14.8, por sua baixa concentração de nitrogênio, e elevada de fósforo e potássio, é recomendado para o desenvolvimento de raízes, flores e frutos.

para espécies que produzem flores e frutos. Ex. hibisco, azaléias, violetas, cítricos como a laranjeira, hortaliças (legumes), etc. Além disso, segundo a maioria dos fabricantes, esta formulação é ideal para ser aplicada no momento do plantio dos vegetais, no preparo do solo, pois o alto teor de fósforo proporciona uma melhor formação e desenvolvimento das raízes e estrutura das plantas.

INDICAÇÕES DE USO
. para melhorar a florada das plantas – rosa do deserto, azaleia, plantas frutíferas, violetas, hortaliças de flores e frutos, etc…
. para um melhor pegamento e desenvolvimento dos frutos – plantas frutíferas, hortaliças de frutos, etc…
. para uma melhor formação e desenvolvimento do sistema radicular – todas as plantas

Fertilizante Mineral composto para aplicação diretamente no solo e em vasos.

Natureza física: Sólida, na forma de grânulos mistos

Garantias:
Nitrogênio (N) – 4%
Fósforo (P) – 14%
Potássio (K) – 8%

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.